July 27th, 2003

play~dead

"está calor! está sol! estou a desintegrar-me"

numa tentativa de diminuir o uso da frase "só sais connosco quando te interessa" por parte dos meus progenitores, decidi acompanhá-los no seu passeio de domingo. o meu paizinho teve a brilhante ideia de irmos a espinho de comboio! a viagem para lá ainda se passou dum modo agradável, comigo na janela a ouvir o demolition, e constantemente a ser molestada com as sonoras explicações do meu pai sobre comboios - sofre do síndrome do guia turístico - direccionadas ao meu irmão. espinho estava impregnado de gente, e estava um calor infernal - torturante. depois de muito pouco fazer, quando nos preparávamos para regressar fomos informados que o sr da estação de s. bento nos tinha ludibriado, e que só tínhamos comboio às 19:30. fomos dar umas voltinhas, e depois sentámo-nos ao pé da estação, onde o meu pai e o meu irmão começaram com os disparates deles. foi então que teve lugar o momento mais hilariante da tarde, um velho chegou ao pé do meu irmão e disse-lhe "estás aí a brincar com o teu avô. ele sempre foi muito malandro".
à vinda para cá, o comboio estava com um problemita qualquer, que a senhora do banco de trás justificava com uma simples "deve estar a ficar sem água". a senhora pelos vistos estava com medo, não "com falta de ar" como alguém lha queria impingir, e afirmou que "se o comboio der mais solancos (solavancos) em cima da ponte vamos todos parar ao rio".
após a atribulada viagem fomos comprar frango no churrasco para o jantar, o que fez o deleite do eu irmão, porque assim podíamos comer que nem uns alarves.
  • Current Music
    Pop Dell'Arte - Sonhos Pop